Kidoairaku – peixe incomparável!

Após muitas comilanças, o blog sofreu uma verdadeira hibernação para que eu pudesse me recobrar de toda a loucura destes últimos 3 meses. Sem maiores delongas, já aviso que sou uma planejadora obsessiva-compulsiva e só o fato de planejar o itinerário de viagem à Europa exauriu meus pobres neurônios (Freud não explica). Aí vieram as férias propriamente ditas e fiquei quase 20 dias no paraíso – mas completamente offline – e depois mais estresse quando surgiu a oportunidade de mudar de emprego. Não é fácil conseguir trabalhar no que se quer, e batalhei para conseguir a transferência. Agora que está tudo certo, continuemos!

Para começar, nada melhor que um aperitivo, então vamos às comilanças! Após ouvir muito bem de um restaurante japonês modesto e despretensioso – leia-se minúsculo e bagunçado -, resolvi deixar de lado a culinária chinesa e voltar às raízes, almoçando no Kidoairaku!

Kidoairaku - ambiente

Continuar lendo

Anúncios

8º Restaurant Week – Lilló

Ainda no Restaurant Week, eu e minha mãe fomos jantar no Lilló Restaurante e Pizzaria, na Vila Clementino. Por incrível que pareça, dessa vez não tivemos quaisquer problemas com o valet, como no post retrasado e no passado. Parece que a onda de azar passou!

Chegamos lá 20h30 e a casa estava relativamente vazia – meu deus! a que horas as pessoas vão jantar? – mas até sairmos ela estava em cheia. Chega de embromação – vamos à crítica do Lilló!

 

Lilló - fachada (fonte: site oficial do restaurante)

Continuar lendo

8º Restaurant Week – Proteína

Ainda aproveitando o Exclusive Week (ler explicação no post anterior), eu e minha mãe resolvemos almoçar no restaurante Proteína no sábado. O cardápio parecia bom e a localização não poderia ser melhor: Moema. Mas chegar lá foi uma peripécia.

O dia tinha começado bem e fomos numa loja em Moema garimpar roupas de festa, sem nada encontrar. Até aí, sem problemas. O problema foi na hora da ida ao restaurante. O manobrista da loja, que tinha ficado com as chaves do carro, foi almoçar e esqueceu de deixá-las na guarita. E também esqueceu o celular na loja. Para piorar, faltavam apenas 10 minutos para o horário da reserva no restaurante. E agora, o que fazer? Sorte que o outro manobrista estava lá e se prontificou a nos levar para o restaurante em seu próprio carro (e levar o nosso carro para o restaurante depois que conseguisse as chaves)!

Mas finalmente chegamos ao restaurante!

Proteína - Exterior

Continuar lendo

Ban Kao – Menu Degustação Clássicos Thai

Resolvi experimentar uma culinária diferente e comprei o Menu Degustação Clássicos Thai do restaurante tailandês Ban Kao pelo clube de promoções ClickOn: treze pratos para 2 pessoas, com 62% de desconto (de R$ 210,00 por R$ 79,50)! Reservei por email mesmo, com o simpático gerente do restaurante, Liu Fukushima.

Segundo o site oficial do Ban Kao, o restaurante apresenta-se como:

O Bankao surgiu da idéia de um dos sócios do Ásia 70 de unir a culinária asiática ao conceito de restaurante-lounge. Bankao quer dizer “casa de arroz” em tailandês, em referência a esse ingrediente sagrado que une as cozinhas de diversos países da região sudeste daquele continente. Instalado no bairro do Itaim desde outubro de 2009, o restaurante apresenta um passeio pela culinária de países como Tailândia, Malásia, Vietnã, Laos, Camboja e Cingapura. Em ambiente moderno e confortável, com DJ, o Bankao tem como responsável pelo cardápio o chef David Zisman, proprietário do carioca Nam Thai e um dos maiores estudiosos da gastronomia asiática no Brasil. No comando da cozinha do Bankao está o chef Junior Messa, que há seis anos trabalha com David. Continuar lendo

Restaurante Chique #2

Sábado passado levei uma amiga para conhecer o Restaurante Chique. Seguindo uma recomendação, fomos lá comer o tal do ‘macarrão da casa’. Só que… esqueci o papel onde estava escrito os hieróglifos, digo, ideogramas chineses com o nome do macarrão. E agora? Qual das dezenas de pratos com macarrão escolher? Resultado: resolvemos pedir yakisoba mesmo. Continuar lendo