Após a tempestade, a calmaria

Este é o fim de outro longo interregno no blog: estou de volta! Ou melhor: meu notebook está de volta! Sim, ele tinha passado desta para melhor, enfartado, acometido de um mal súbito, batido as botas. Duas assistências técnicas depois e uma longa espera pela chegada de um novo coração, o transplante foi bem sucedido e ele voltou para o aconchego do lar.

O que andei fazendo estes dias, além de me lamuriar pelos cantos e amargar uma vida sem meu MAC? Afogando as mágoas na comida, lógico! Apresento a vocês um pequeno quadro com as comilanças do Restaurant Week:

Restaurantes Contemporâneo e La Vecchia Cucina

Restaurantes Proteína e Le Manjue Bistrô

Restaurantes Hideki e Tandoor

Aguardem!

Anúncios

Kidoairaku – peixe incomparável!

Após muitas comilanças, o blog sofreu uma verdadeira hibernação para que eu pudesse me recobrar de toda a loucura destes últimos 3 meses. Sem maiores delongas, já aviso que sou uma planejadora obsessiva-compulsiva e só o fato de planejar o itinerário de viagem à Europa exauriu meus pobres neurônios (Freud não explica). Aí vieram as férias propriamente ditas e fiquei quase 20 dias no paraíso – mas completamente offline – e depois mais estresse quando surgiu a oportunidade de mudar de emprego. Não é fácil conseguir trabalhar no que se quer, e batalhei para conseguir a transferência. Agora que está tudo certo, continuemos!

Para começar, nada melhor que um aperitivo, então vamos às comilanças! Após ouvir muito bem de um restaurante japonês modesto e despretensioso – leia-se minúsculo e bagunçado -, resolvi deixar de lado a culinária chinesa e voltar às raízes, almoçando no Kidoairaku!

Kidoairaku - ambiente

Continuar lendo

8º Restaurant Week – Francisco Gastronomia e Cultura

Voltando a postar sobre as comilanças do Restaurant Week e aproveitando que o evento abrangeu todo o Estado de São Paulo, eu e minhas amigas fomos almoçar no único restaurante participante em São Bernardo do Campo: Francisco Gastronomia e Cultura. Como eu que estava dirigindo e devido à minha notória habilidade de me perder até perto de casa, algumas pessoas se revezaram como co-piloto. E chegamos lá, sem – muitos – sobressaltos (só nos perdemos um pouquinho 🙂 ).

Chegamos lá quase 13h e a casa estava praticamente vazia. Fomos recebidas por um garçom relativamente ansioso para anotar os pedidos mas, quando finalmente nos decidimos e estávamos prontas para pedir, ele havia sumido para deus sabe onde. Enquanto esperávamos, ficamos admirando a decoração do local – que é muito bonito e ao mesmo tempo, informal.

Interior do restaurante¹

8º Restaurant Week – Lilló

Ainda no Restaurant Week, eu e minha mãe fomos jantar no Lilló Restaurante e Pizzaria, na Vila Clementino. Por incrível que pareça, dessa vez não tivemos quaisquer problemas com o valet, como no post retrasado e no passado. Parece que a onda de azar passou!

Chegamos lá 20h30 e a casa estava relativamente vazia – meu deus! a que horas as pessoas vão jantar? – mas até sairmos ela estava em cheia. Chega de embromação – vamos à crítica do Lilló!

 

Lilló - fachada (fonte: site oficial do restaurante)

Continuar lendo

8º Restaurant Week – Blés D’Or

Aproveitando o Restaurant Week, eu e minha mãe resolvemos jantar no restaurante Blés D’Or Boulangerie e Pâtisserie, em Moema. Como no post anterior, tivemos problemas logo de início – com o valet! De novo.

Ao chegar, fomos deixar nosso carro com o valet. E quem disse que nós encontramos o valet? Após alguns minutos esperando, resolvemos estacionar – direitinho, pois paramos meio atravessado – por nossa própria conta o carro no espaço defronte ao restaurante. Após mais 5 minutos de espera fora do carro, desistimos de esperar pelo valet e entramos no restaurante. Somente 10 minutos depois é que o valet entra no restaurante para pegar as chaves e levar o nosso carro para o estacionamento (que deve ficar na órbita de Saturno, pois na saída do restaurante tivemos de esperar mais de 5 minutos para ele voltar com o carro!).

Problemas à parte, vamos à crítica do restaurante!

Blés D'Or - Corredor de acesso (fonte: http://www.seurestaurante.com.br)

Continuar lendo