8º Restaurant Week – Blés D’Or

Aproveitando o Restaurant Week, eu e minha mãe resolvemos jantar no restaurante Blés D’Or Boulangerie e Pâtisserie, em Moema. Como no post anterior, tivemos problemas logo de início – com o valet! De novo.

Ao chegar, fomos deixar nosso carro com o valet. E quem disse que nós encontramos o valet? Após alguns minutos esperando, resolvemos estacionar – direitinho, pois paramos meio atravessado – por nossa própria conta o carro no espaço defronte ao restaurante. Após mais 5 minutos de espera fora do carro, desistimos de esperar pelo valet e entramos no restaurante. Somente 10 minutos depois é que o valet entra no restaurante para pegar as chaves e levar o nosso carro para o estacionamento (que deve ficar na órbita de Saturno, pois na saída do restaurante tivemos de esperar mais de 5 minutos para ele voltar com o carro!).

Problemas à parte, vamos à crítica do restaurante!

Blés D'Or - Corredor de acesso (fonte: http://www.seurestaurante.com.br)

O Restaurante

O Blés D’Or é uma mistura de padaria/doceria com refeições e, embora fique localizado numa rua escondida, é bem charmoso, possuindo na fachada um espaço avarandado. O acesso se dá por um corredor onde também há mesinhas.

O espaço interno é informal e familiar, lembrando-nos da vocação “padeira” do local com suas estufas de guloseimas.

Quando chegamos, apenas a varanda do restaurante estava ocupada. Na saída, as mesas do corredor de acesso ao salão do restaurante começavam a receber gente.

 

A Refeição

Pedimos de entrada “vol-au-vent de creme de cogumelos Paris com bouquet de verdes tomatinhos Sweet Grape e balsâmico”. Tradução rápida: por “vol-au-vent”, entendam massa folhada; e por “cogumelos Paris”, leiam o nosso bom e velho champignon. Os tomatinhos estão entre o doce e o azedo e dão um sabor especial ao prato. A massa folhada estava fria e meio borrachenta, provavelmente era reaproveitado da padaria. O creme estava muito bom, morninho, saboroso e bem cremoso (sim, o creme estava cremoso, oras!). Já as folhas não tinham tempero algum, ótimo para pessoas hipertensas, naturebas e new age. Como não pertencemos a nenhuma dessas categorias, pusemos o creme  nas folhas também. Resultado: faltou creme!

Blés D'Or - Entrada

De prato principal, pedimos “fraldinha assada ao molho de vinho tinto com gratin de mandioquinha”. No menu mostrado no site do Restaurant Week, o prato parecia bem apetitoso….

Blés D'Or - Prato Principal

Nadinha parecido com a realidade!

Blés D'Or - Principal

Não, a foto não está ruim. O prato veio assim mesmo! Meu filé veio carbonizado e duro – isso porque pedi ao ponto! – e o gratin de mandioquinha era apenas um amontoado de mandioquinha cozida fatiada sem tempero algum (o restaurante deve ter algo contra o uso de temperos na comida). Achei que o caldinho salvaria o prato, mas ele mal deu para tentar reidratar a carne.

Mas a sobremesa me reanimou um pouco. Pedimos “torta praliné de chocolate com castanhas” porque… bem, porque era a única opção!

Blés D'Or - Sobremesa

A sobremesa estava ótima! A massa não era nem dura nem esfarelenta, o chocolate na doçura certa e as pinceladas no prato continham um caldo de frutas vermelhas na acidez certa para equilibrar o prato. E castanhas sempre combinam com chocolate!

Quando fomos pedir a conta, uma surpresa! Onde estavam os garçons? Não havia um sequer no restaurante para contar a história. Quando finalmente apareceram, só deram bola aos clientes com vinho sobre a mesa (!). Depois de esperar em torno de 10 minutos, conseguimos laçar um garçom, pagamos a conta e fomos embora.

 

RESUMO

Local

  • Endereço: Rua Tuim , 653 – Moema – São Paulo/SP
  • Telefone: (11) 5532-0183 / (11) 5093-6401
  • Site Oficial: www.blesdor.com.br
  • Horário de Funcionamento: Ter a Sex – 10h30 a 22h30, Sáb e Fer – 08h30 à 22h30 e Dom – 08h30 à 19h30
  • E-mail: contato@blesdor.com.br

(Fonte: Blesdor.com.br / mar 2011)

Consumação

  • Preço total: > R$ 100
  • Pratos: 2 refeições do Cardápio RestaurantWeek (1 entrada + 1 prato principal + 1 sobremesa por refeição = R$ 40) + 1 suco + 1 água

Pontos positivos

  • Sobremesa e… creme de champignon.

Pontos negativos

  • Não aceita Sodexo!
  • Valet toma chá de sumiço!
  • Garçons também tomam do mesmo chá! Mas preferem os que tomam vinho.
  • O chef deve tomar algo parecido para servir pratos com essa qualidade.

Opinião

  • Se quiser conhecer a casa, passe para comer um docinho ou um lanche rápido. Não pense em parar para almoçar nem jantar!
Anúncios

4 comentários em “8º Restaurant Week – Blés D’Or

    • O creme de champignon também é bom, mas você tem razão: o restaurante peca – e muito – na execução dos pratos! +_+

  1. Fui no La Arena, e, apesar de ser muitíssimo bem atendida, também estou até agora procurando o tempero dos pratos. A truta tinha gosto de água suja (juro) e a carne, além de não ter tempero, parecia mais coxão duro. A única parte boa foram as sobremesas mesmo. Eles acham que porque estamos pagando um pouco menos merecemos comer mal, não aproveitam em nada a exposição e a chance de ganhar novos clientes!

    • Que horror! Tem gente que parece não estar nem aí para a qualidade dos pratos servidos! Concordo que há muita gente que não volta para os restaurantes após o RW, mas todos comentam sobre sua experiência no restaurante, atraindo – ou afugentando – potenciais clientes.

      Bem-vinda ao blog, Mariana!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s