Ônibus Rápido 3D – passageiros em cima, trânsito embaixo

O trânsito na área metropolitana depende do equilíbrio entre o transporte público e o individual: se não há oferta suficiente de transporte público, as pessoas optam pelo transporte individual, congestionando as ruas e contribuindo para a poluição da cidade.

Atualmente, há 5 modais principais de transporte público na China: metrô, trem, VLT, BRT (corredores de ônibus) e ônibus convencional. Entretanto, o transporte sobre trilhos necessita de alto investimento para sua construção e o BRT ocupa muito espaço, reduzindo as vias de tráfego dos veículos comuns. Já a colocação de mais ônibus nas ruas pode piorar o trânsito ao invés de melhorá-lo.

Conheça o Ônibus Rápido 3D, um conceito futurístico de veículo capaz de transportar os passageiros acima do nível da rua, “montando” sobre as faixas de tráfego para permitir o livre trânsito dos carros abaixo dele.

Ônibus Rápido 3D


A idéia é da companhia chinesa Shenzen Hashi Future Parking Equipment, que parece mais um massivo VLT do que um ônibus, possuindo rota fixa. O ônibus é movido à energia solar captada por painéis dispostos no teto, sendo suplementada pela rede de energia elétrica municipal, à qual está conectado fisicamente. O Ônibus Rápido 3D possui capacidade de carregar 1.200 passageiros (300 pessoas/carro), imprimindo velocidade de pouco acima de 65 km/h, sendo adequada aos trechos urbanos de metrópoles densas da China.

O Ônibus Rápido 3D reduz em até 30% o congestionamento nas vias principais e economiza 860 t de combustível por ano, reduzindo a emissão de carbono em 2.640 t. Outra vantagem é seu curto tempo de construção: apenas 1 ano para construir 40 km de infraestrutura para o ônibus. Já a construção de 40 km de metrô leva mais de 3 anos.

O veículo é largo, “montando” em duas faixas de tráfego ao mesmo tempo, permitindo que o tráfego flua abaixo dele com o ônibus parado ou em movimento. É apropriado para avenidas/rodovias longas e retas, mas também pode realizar curvas: o ônibus está equipado com faróis em sua parte inferior, que sinalizam aos carros quando uma curva se aproxima. Radares alertarão aos motoristas dirigindo abaixo do ônibus caso eles se aproximem demais das bases de suporte do ônibus, e um sistema similar advertirá veículos aproximando-se por trás caso sua altura não seja suficiente para passar abaixo do ônibus.

 

Parece-lhe uma idéia muito extravagante para ser posta em prática? Beijing já reservou cerca de 190 km do Distrito de Mentougou para os testes do Ônibus Rápido 3D. A infraestrutura necessária para os testes deverá ser construída até o fim deste ano.

 

Via: ChinaHush

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s